Google+ Followers

domingo, 29 de dezembro de 2013

Sobre o deslizamento em Rolândia...

Foto: José Carlos Farina;

TRAGÉDIA: Um deslizamento de terra em uma obra do Programa Minha Casa Minha Vida causou sérios danos a imóveis e deixou dois feridos no Jd. Monte Carlo, em Rolândia. 

OPINIÃO: Trata-se de responsabilidade civil solidária da administração municipal, Caixa Econômica e construtora CCP.  Ademais, o imóvel é um Bem de Uso Comum do Povo (Área de Lazer) que foi "doado" por este "governo" para a referida construtora e banco.

PERGUNTAS: Houve a desafetação desta área do domínio público? Os vereadores e o Conselho de Planejamento aprovaram esta doação? Quando e como? A população dos Jardins Monte Carlo I, II, União, Gustavo Giordani e adjacências foram consultadas? 

TOPOGRAFIA: Devido a topografia acidentada da localidade a loteadora (com o aval da Secretaria de Planejamento), à época, reservaram esta área para o lazer da comunidade! Questão de lógica: Se a topografia fosse favorável, já teria sido loteada!

CONCLUSÃO: Ainda bem que as centenas de apartamentos não estavam prontos, pois, neste caso, poderíamos testemunhar uma tragédia bem maior. Minha avó já dizia: O que começa errado, termina errado! Esta obra, nestas condições, não pode continuar!!!

terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Polônia proíbe símbolos comunistas e nazistas!

Manifestantes derrubam estátua de Lenin na Ucrânia;

Geórgia, Hungria, Lituânia, Moldávia e mais recentemente a Polônia promulgaram Leis proibindo a exibição de símbolos comunistas (internacional socialismo) e nazistas (nacional socialismo) em vias e logradouros públicos. Os textos legais foram aprovados por ampla maioria nos parlamentos dos ex-satélites da falecida União Soviética.  Fato histórico, as populações destes países vivenciaram os horrores dos regimes totalitários de Hitler e Stálin. Entre 1948 e 1956, a etapa mais dura da repressão comunista, milhões de pessoas perderam a vida, foram presas e enviadas a campos de trabalhos forçados (os gulags) espalhados por toda a cortina de ferro socialista. 

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Mais um ano de trabalho!



TEMPO: Mais um ano se passou - e rápido - como é natural após os 30 anos. Neste sentido, julgo pertinentes as colocações do grande escritor franco-argelino Albert Camus: "Um homem jovem precisa de muita imaginação para acreditar que vá envelhecer. E se não fosse a morte, pouca gente conseguiria acreditar que envelheceu" (A Morte Feliz, p. 131). 

TRANSFORMAÇÕES: Felizmente estou entre aqueles cuja imaginação permite compreender a magia da vida, bem como aceitar o destino integralmente. Sem dúvida, 2013 foi um ano repleto de transformações em nossa vida pessoal e pública. Finalmente (e com alegria) sinto-me mais livre de radicalismos, dogmatismos e paixões políticas. 

TRABALHO: Devido a questões de tempo, uma parte infinitesimal de nosso pensamento e leituras sobre alguns acontecimentos locais e nacionais foram publicados neste Blog e na coluna Fatos & Notas publicada pelo Jornal Manchete do Povo. Sempre procuramos expressar nossas opiniões da maneira mais simples, econômica  e objetiva possível.

OBRIGADO: Gostaria de agradecer a todos os nossos amigos e leitores pela atenção, sugestões e estímulos e a minha família Pâmela, Thomas, Benjamin e Alice pelo valioso tempo subtraído ao vosso convívio! Desejo a todos os nossos leitores abençoadas Festas! Em 2014 seguiremos a linha independente: Jamais serei mero papagaio da versão oficial! 

terça-feira, 10 de dezembro de 2013

R$ 1,5 trilhão em impostos!!!


Dados do impostômetro revelam que os brasileiros pagaram mais de R$ 1,5 trilhão em impostos em 2013. Em média trabalhamos cinco meses/ano para quitar nossas obrigações tributárias. Após vinte anos de aumento abusivo de impostos, podemos chegar a seguinte conclusão: Aumento de impostos = Piora dos serviços públicos + Aumento da corrupção!

Manifesto do Nada na Terra do Nunca!


LOBÃO: Sua participação na penúltima edição do Programa Roda Viva foi bombástica! O músico, compositor e escritor reiterou que é radicalmente contra ditaduras socialistas ou fascistas (ambas semelhantes) nos quesitos pragmáticos, econômicos e humanitários.

DITADURA: Com efeito, a ditadura militar reforçou a participação do Estado em diversos setores da economia, seja com estatais monopolistas, políticas irresponsáveis de expansão de crédito (via bancos públicos), protecionismo e obras públicas faraônicas... 

RESULTADO: Registre-se que tal receita produziu resultados muito semelhantes aos atuais, em resumo: Primeiramente a euforia do "milagre brasileiro" seguido por desajuste fiscal, aumento da inflação e recessão! Mera coincidência? Claro que não! Fica o alerta.

MANIFESTO do nada na terra do nunca, p. 23: "Num clima de estupidez ideológica, estelionato intelectual ou, simplesmente, suborno, grande parte dos artistas, cineastas, imprensa e intelectuais está nocauteada. Quem ousa tecer um comentário um pouco mais crítico sobre a realidade que nos rodeia acaba sofrendo violências morais e psicológicas, sempre no intuito de eliminar o interlocutor..." Vale a pena conferir o Manifesto!

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Os Saltos do Tamanduá!

Primeiro Salto do Tamanduá

As imediações da Serra dos Agudos são repletas de cenários fantásticos e historicamente importantes para a colonização do Norte do Paraná. A região também é pródiga em saltos (caso dos Tamanduás nas imediações do Morro do Taff, em São Jerônimo da Serra).

Poucos sabem, por exemplo, que o Município de São Jerônimo foi a segunda povoação mais avançada no sertão depois da vila de Tibagi. 
Em 20 de novembro de 1846, os sertanistas Joaquim Francisco Lopes e John Henry Elliott acompanhados por 30 homens chegaram à Serra dos Agudos pelo Rio Tibagi. Do ponto mais alto que atingiram, avistaram dois campos em meio a floresta, um a 28 milhas a nordeste a cerca de 45 quilômetros onde seria o fundado o povoado de São Jerônimo.
Em sentido oposto, o outro campo viria a se chamar Inhô-Ó, onde hoje se localiza o Distrito de Terra Nova e a Fazenda de mesmo nome que dá acesso o Pico Agudo e Serra Chata. Lopes e Elliott tomaram posse de quase todo o nordeste à margem direita do Tibagi em nome do Barão de Antonina.
Considerações históricas aparte, no último final de semana, acompanhado de meu filho Thomas e do primo André, partimos em direção aos imponentes saltos do Tamanduá. O acesso é confuso após o Distrito de Terra Nova, face às várias bifurcações existentes, principalmente na área do Assentamento.

Nos dois quilômetros finais a estrada pode ser percorrida a pé, de motocicleta ou em um veículo 4 x 4. O acesso ao primeiro salto do Tamanduá (por baixo) é tranqüilo: Apenas 500 metros de caminhada pelo leito rochoso do rio.

O cenário é espetacular: São cerca de 100 metros de queda livre em um peral fantástico de arenito. Imediatamente mergulhamos no piscinão e acessamos o sopé da cachoeira onde a água chega a arder em contacto com a pele!

Refrescados e inebriados decidimos acessar o segundo Salto há cerca de 1,5 quilômetro. Nova caminhada tranquila com desfiladeiros e paredões emoldurando o Rio Tibagi no horizonte! Sem dúvida mais uma das incontáveis maravilhas do Norte do Paraná que merecem ser visitadas por todos os amantes da vida ao ar livre!


Segundo Salto do Tamanduá.

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Privataria petista?


PRIVATIZAÇÕES: 
As inúmeras concessões empreendidas pelo governo Dilma (petróleo, portos, aeroportos, ferrovias e rodovias) evidenciam uma verdade que a esquerda teimava em admitir: A iniciativa privada é mais eficiente na gestão de projetos  e investimentos! 

CRÍTICA: Para o Mestre Fernando Pessoa, em A Essência do Comércio, a administração pelo Estado de uma indústria ou comércio é prejudicial ao Estado, porque todo o comércio ou indústria mal administrado é prejudicial em si mesmo; Quanto mais o Estado intervém na vida social espontânea maiores os riscos e os prejuízos à coletividade!

APOSTA: É evidente que o programa de privatizações é a grande aposta do governo petista para que os investimentos privados dinamizem nossa economia. Mas ainda não é o bastante: Urge reduzir drasticamente a carga tributária draconiana que sufoca o setor produtivo!

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Danilo Gentili massacra mensaleiros!


MENSALÃO: Para  Danilo Gentili o fato do PT não expulsar Genoíno, Dirceu, Delúbio & CIA indica que o PT não só aprova os crimes de corrupção praticados pelos mensaleiros como admite criminosos em seus quadros.
PRISÃO: O gesto “sagrado” do nacional e internacional socialismo (empregado por Genuíno e Dirceu durante a prisão) está sendo ridicularizado na internet. Em um ambiente livre a imagem e ideologia dos mensaleiros é a pior possível.
CENSURA: Por isso, alerta Gentili, a insistência em implantar um marco civil na Internet e acabar com esse ambiente 100% livre. Eles precisam controlar o que você faz, lê e fala para evitar esse tipo de constrangimento.
PATÉTICO: A tentativa de definir Dirceu e Genoíno como “presos políticos” é patética. Onze pessoas do esquema de corrupção foram presas. Mas somente os dois petistas poderosos são presos “políticos” ironizou o humorista.
ALERTA: Gentili recorda que o momento é ideal para identificar quem são os artistas, blogueiros, mídia e políticos que estão defendendo os criminosos: Todos os que estão a favor dos corruptos estão contra você, finalizou. 

Leia na íntegra: Folha Política. 

sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Procurador Jurídico de Rolândia opina sobre CP!


O Procurador Jurídico do Município, Dr. Jeferson Luiz Matias (via facebook) comentando nossa postagem adiantou argumentos que, sem dúvida, poderão integrar a defesa do prefeito Joni Lehmann na CP: "O grande equívoco em tudo isso reside no julgamento da Câmara de Vereadores de um fato que absolutamente não se enquadra como infração político-administrativa, cuja denúncia é totalmente inepta e sem justa causa!!! Em tese, o referido fato descrito na denúncia se enquadra como infração de responsabilidade, sendo de competência do Poder Judiciário sua apreciação e julgamento."

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Processo parado...

Foto: Blog do Farina.

Zé de Paula, presidente da Comissão Processante contra o prefeito Joni Lehmann decidiu suspender os trabalhos da CP até o jurídico do Câmara opinar sobre o número de integrantes da Comissão. Opinião: O vereador precipitou-se. Cabe unicamente aos advogados de Joni apresentar as teses de defesa no processo. O Legislativo (e suas Comissões) não podem suspender seus trabalhos a cada opinião vinculada nas redes sociais! 

Loucura sem limites!


PORRADA: O alucinado líder socialista Nicolás Maduro (possivelmente orientado pelo passarinho mediúnico) decidiu combater a inflação à moda stalinista: No cacete! Enviou tropas e mandou para a prisão gerentes e funcionários de uma rede de eletrodomésticos para forçar a queda dos preços: Medida típica de ditador ignorante.

PRODUÇÃO: Talvez o cérebro de passarinho não saiba que a regra básica da estabilidade econômica é o equilíbrio entre oferta (produção) e demanda (consumo). Com efeito, o estímulo à produção (redução de impostos e burocracia) é a solução e não o problema! 

COMPARATIVO: A inflação na Venezuela socialista já superou 54% ao ano. Nas economias de livre mercado é infinitamente menor: Estados Unidos: 1,18%; Chile 1,5%; Canadá: 1,06% e União Européia: 1,10%. Fato: Em tais países não há desabastecimento e os preços se mantém estáveis sem necessidade de porrada e cadeia!

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Desgaste, felicidade e orçamento...


DESGASTE: A recente "vitória" do "médium de animais" Nicolas Maduro (1,8% sobre a oposição) somado ao fato de que quase 70% dos eleitores argentinos votaram contra o governo Cristina Kirchner evidenciam o desgaste das políticas e governos populistas na América Latina. 

FELICIDADE: Se não bastasse a inflação, falta de alimentos e até de papel higiênico o líder socialista Maduro decidiu criar o Ministério da Felicidade Suprema da Venezuela. Piada! Melhor seria o cérebro de passarinho pagar a dívida bilionária com os exportadores brasileiros!

ORÇAMENTO: O Senado aprovou PEC que destina 1,2% da Receita Corrente Líquida da União para emendas parlamentares. Assim, cada parlamentar brasileiro terá cerca de R$ 12 milhões (R$ 6 milhões vinculados à saúde) para destinar aos seus domicílios eleitorais.

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

No Programa Todos os Sentidos...


No último domingo participei do programa Todos os Sentidos (Rádio Brasil Sul) apresentado pelo meu amigo ex-vereador em Rolândia e ex-Secretário da Pessoa com Deficiência de Londrina, José Giuliangeli de Castro e sua esposa Sueli Galhardi. A mesa também foi integrada pela professora Irene Zapparoli do Departamento de Economia da UEL. Na ocasião foram discutidos temas relacionados à Economia, Meio Ambiente, manejo dos recursos naturais, resíduos e políticas de Planejamento Urbano integrado. Meus agradecimentos pela manhã de domingo extremante instrutiva e agradável!

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Cenário indefinido em Rolândia!


PROCESSO: Os vereadores de Rolândia votaram pela abertura de uma Comissão Processante (CP) que poderá cassar o prefeito Joni Lehmann. O pedido foi protocolado há 15 dias, pela eleitora Cristina Pieretti, mas foi retirado de pauta por determinação da presidente da casa, Sabine Giesen, por ser considerado "genérico nas acusações".

DENÚNCIA: A denúncia teve como base relatório elaborado pela Comissão Especial (CE) da Saúde, do próprio Legislativo Municipal. O documento - que também foi encaminhado ao Ministério Público - aponta evidente aplicação irregular de R$ 28 milhões por meio de convênio firmado com a Associação São Rafael, que mantém o hospital da cidade. 

COMISSÃO: A CP será composta pelos vereadores José de Paula Martins, presidente, Alex Santana, relator e Waldemar Moraes, membro. Logicamente, será oportunizado ao prefeito Joni Lehmann exercer seu direito constitucional ao contraditório e à ampla defesa. 

OPINIÃO: Serão dias de muita tensão, articulação, interesses e vaidades políticas. O jogo do/pelo poder é pesado! Apesar dos graves indícios de irregularidades, face a maioria governista fica difícil apostar que a CP irá propor a cassação de Lehmann. Entretanto, política não é ciência exata e o cenário segue indefinido... Vamos aguardar!

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Sobre o "leilão" do campo de libra...


LEILÃO pode ser definido como venda pública a quem ofereça o maior preço; venda por licitação pressupondo mais de um participante. Com efeito, a privatização do campo de Libra pelo governo Dilma Roussef (PT) pode ter sido tudo menos um leilão!

ESTIMATIVAS: Caso as estimativas da Agência Nacional do Petróleo se confirmem o campo de Libra poderá produzir de 8 bilhões a 12 bilhões de barris. Tal informação levou a revista alemã Der Spiegel a afirmar que o Brasil "leiloou um tesouro por uma pechincha".

MÍNIMO: Mesmo sob um forte esquema de segurança (com tropas do exército nas ruas) muitos protestos e críticas, as multinacionais Shell (anglo-holandesa), Total (francesa), CNPC e CNOOC (chinesas) juntaram-se à Petrobrás e deram o lance mínimo previsto no edital.

IMPACTOS: Diversos estudiosos e técnicos afirmam que para explorar o pré-sal, além dos elevados custos financeiros, haverá “sérios riscos ambientais para o bioma de uma das regiões litorâneas mais bonitas e populosas do Brasil". Vamos aguardar...

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Sobre o holocausto vegetal em Rolândia...


MALDADE: A maldade de considerável parcela da sociedade é intolerável. Criminosos destroem - sem qualquer remorso - o patrimônio público e privado. Agridem, torturam e matam o semelhante movidos por inveja e cobiça irracionais. A maldade humana não tem limites: Abate animais e árvores indefesos, como se objetos inanimados fossem!

HOLOCAUSTO: Sai secretário, entra secretário e o holocausto vegetal prossegue! Incontáveis árvores sadias continuam sendo abatidas por toda cidade. É evidente que trata-se de um lucrativo comércio de lenha, vez que as árvores de Lei (caso das sibipirunas) são cortadas às centenas enquanto árvores de madeira leve apodrecem em pé!  

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Sobre reforma agrária e inflação!


REFORMA: O governo Dilma é o que menos desapropriou imóveis para fazer reforma agrária nos últimos 20 anos. Na primeira metade do mandato da petista, apenas 86 unidades foram destinadas a assentamentos. Já no governo "liberal" de FHC (1995-2002) foram 3.535 imóveis desapropriados e um total de 540,7 mil famílias beneficiadas.

INFLAÇÃO: A inflação anual do Brasil foi o dobro da média dos países do G20, segundo relatório da OCDE - Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico. A taxa brasileira foi de 6,09% (segundo o IPCA, medido pelo IBGE), contra uma média de 3% dos demais integrantes do G20 (grupo que reúne as vinte maiores economias do mundo).

PREOCUPAÇÃO: Ao contrário do discurso tranquilizador do governo, a inflação já afeta vários setores. A principal causa do surto inflacionário é o excessivo volume de gastos públicos. Registre-se que a dívida bruta do Brasil chegou a 68% do PIB, a maior entre os BRICS (grupo que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). 

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Analfabetismo, endividamento e chavismo!


ANALFABETISMO: Dados divulgados pelo IBGE revelam que houve aumento na taxa de analfabetismo que se mantinha em declínio desde 1997. Segundo a pesquisa (Pnad) entre 2011 e 2012 houve um acréscimo de 300 mil analfabetos. Em nosso "país rico e sem pobreza"  há 13,2 milhões de pessoas incapazes de ler ou escrever uma simples linha!

NORDESTE: Os números revelam que o Nordeste (símbolo dos supostos avanços sócio-culturais e educacionais dos governos Lula/Dilma) é a região que concentra o maior percentual de analfabetos do país: 53,8%. Seguindo a média nacional, a região também registrou um aumento no número de analfabetos: Eis a realidade sem maquiagem!

ENDIVIDAMENTO: O fraco desempenho econômico somado à pressão inflacionária fez o endividamento das famílias brasileiras aumentar exponencialmente. De acordo com o Banco Central, em julho, o índice avançou pelo sétimo mês consecutivo alcançando um número alarmante: 45,1%. O endividamento familiar vêm aumentando desde 2005!

CHAVISMO: Eduardo Campos e Marina Silva (PSB) estão vendendo a ideia de uma aliança alternativa à polarização PT/PSDB. Marina criticou o aparelhamento do Estado e a utilização de métodos chavistas pelo PT. Comentário: Pelo menos nossos dirigentes ainda não alcançaram o "grau" de conversar com líderes falecidos encarnados em passarinhos! 

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Sobre propaganda e déficit comercial...


GASTOS: Com os 3.56 bilhões de reais gastos em propaganda nos dois primeiros anos do governo Dilma (PT) seria possível contratar mais de 14 mil médicos ou quitar cerca de 30% da dívida de todos os Hospitais Filantrópicos e Santas Casas do Brasil! 

HOSPITAIS: Registre-se que os Hospitais Filantrópicos e Santas Casas (atualmente em processo de falência) respondem por mais de 56% dos atendimentos realizados pelo SUS. É evidente que problema não é mais médicos e sim mais recursos para custear o sistema!

PREJUÍZO: A balança comercial brasileira registra um prejuízo de US$ 1,62 bilhão em 2013 segundo dados divulgados pelo Ministério do Comércio Exterior. Trata-se do pior resultado desde 1998 – quando foi apurado um resultado negativo de US$ 3,6 bilhões. 

PARCEIROS: Segundo dados do Itamaraty, os maiores clientes do Brasil são China, Estados Unidos e União Européia. A Venezuela é décimo sexto destino das vendas do Brasil e deve perder mais posições face a ausência de dólares no país socialista.  

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Cinco anos do Refúgio Peroba Rosa!


O dia 23 de Setembro marca uma data muito significativa em todo o Hemisfério Sul. Trata-se do equinócio da Primavera! Feliz coincidência, neste dia, há três anos foi criada a Área Municipal de Proteção Ambiental 'Refúgio Peroba Rosa' pelo Decreto 6.144/2010. 

O Refúgio Peroba Rosa é uma unidade de conservação particular, de uso sustentável, fundada por nós há cinco anos. No local há um arboreto botânico de 1.550 m2 e os últimos exemplares adultos de peroba rosa existentes na zona urbana de Rolândia.

Ao longo desta meia década de um gratificante trabalho reunimos uma coleção com mais de 70 espécies arbóreas nativas, frutíferas, melíferas, medicinais, ornamentais e um número considerável de lianas, pteridófitas, orquídeas, cactos, bromélias e arbustos nativos.

Em comemoração aos três anos de criação da AMPA concluímos um letreiro em concreto e plantamos mais três variedades de gabiroba. É visível que o amor pelas árvores, pássaros e animais deste abençoado pedaço de terra é retribuído com uma exuberância milagrosa! 


domingo, 22 de setembro de 2013

Reflexo do populismo!


É fato evidente que as contas públicas vão mal de norte a sul do país. Eis a primeira conseqüência da famigerada onda populista que cegou grande parcela dos políticos e eleitorado brasileiro. Apertem os cintos, Senhores: Cedo ou tarde, a conta vai chegar!

Desdobramentos do mensalão...


MENSALÃO: O acolhimento dos embargos infringentes pelo STF reforça o temor de que o núcleo político do maior esquema de corrupção da história do país possa ser favorecido pela nova composição da corte. Neste sentido é pertinente a proposta do Deputado Rubens Bueno (PPS-PR) de mudar os critérios para a escolha de Ministros do Pretório Excelso. 

INDEPENDÊNCIA: Pela proposta, além da Presidência da República, também participarão do processo de indicação e escolha dos Ministros do Supremo Tribunal Federal, a OAB, Procuradoria Geral da República, Conselho Nacional de Justiça, Câmara e Senado. Eis uma PEC republicana que reforçará a independência entre os poderes! 

JULGAMENTO: O fato concreto é que o julgamento final do Mensalão ficará para 2014, ano da famigerada copa do mundo e das eleições. Caso os embargos sejam declarados procedentes, os réus José Dirceu,  Genoíno e outros seis serão absolvidos no crime de formação de quadrilha e terão direito a uma pena mais branda. Vamos aguardar...

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Crítica necessária!


Em poucos momentos de nossa história, a crítica foi tão necessária. Com o suado dinheiro de nossos impostos (em praticamente todos os níveis de governo) parlamentares, imprensa e artistas estão cooptados. Fato notório, a esmagadora maioria de nossos parlamentares e artistas se venderam ao governo, seja por meios lícitos (porém promíscuos) como cargos, verbas e Lei Rouanet ou ilícitos como o mensalão. Já a mídia nacional recebeu R$ 3,56 bilhões de reais dos cofres públicos nos dois primeiros anos do governo Dilma. Um absurdo!

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Rápidas...


PRODUÇÃO: Para Hollenbeck, o que se ignora no atual modelo econômico (de inspiração keynesiana) é o fato empírico de que não é necessário que o governo estimule a demanda simplesmente porque sempre haverá desejos ainda não satisfeitos. Sendo assim, um bom governo deveria ter o objetivo de estimular a produção (reduzindo a carga tributária e a burocracia) ao passo que a política de um mau governo é a de encorajar o consumismo. 

CAMINHO: No caso brasileiro é fácil verificar uma disparidade entre oferta (produção) e demanda (consumo) resultando em inflação em alta. Infelizmente, o único instrumento de política monetária no Brasil se restringe a taxa de juros. É necessário ir além: Reduzir os gastos públicos e a carga tributária para estimular o crescimento econômico sem inflação. 

REFLEXÃO: O que é esquerda e o que é direita? Por que Hitler é de 'direita' e Stalin, seu colega contemporâneo - e tão assassino quanto - de 'esquerda'? O progresso em direção ao caos não deve ser elogiado. Nada deve ser aceito apenas por ser novo, radical e estar na moda. Quem é antitrabalhista, aqueles que querem rebaixar o trabalho ao nível de Cuba ou da Coréia do Norte ou aqueles que querem para o trabalho o padrão de vida capitalista dos Estados Unidos(Ludwig Edler Von MisesEconomista Austríaco).

quinta-feira, 5 de setembro de 2013

35 anos de Engenharia!


O Plenário do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (CREA-PR) concedeu o Diploma de Mérito por relevantes serviços prestados à Sociedade ao Engenheiro Civil rolandense Paulo Ademir Farina. Formado pela Universidade Estadual de Londrina – UEL, Farina foi Secretário Municipal de Planejamento e servidor de carreira do Município por 15 anos. Ao longo das últimas três décadas, Farina participou ativamente do desenvolvimento de Rolândia sendo responsável técnico pelos projetos e execução dos Jardins Novo Horizonte, Belo Horizonte, Cidade Verde I, II, III, IV e V, Araucária, Catuaí, das Flores, Santa Mônica II, Café, Nobre I, II, III, IV e V, Santiago, Lago, Pioneiros, Imperial, Roland, Hortências, Coliseu I e II, Europa, Canaã, Santo Eduardo, União, Azteca, Independência, Eldorado, Kasatumaru, Campo Belo, Capricórnio, Planalto, Parque Industrial da Av. Itamaraty além de projetar e executar inúmeros empreendimentos comerciais, industriais e residenciais em Rolândia e região. Título mais que merecido!

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Solidariedade!


Estou na política há mais de uma década. Mesmo sem ter praticado um único ato ilícito fui vítima de uma das maiores campanhas difamatórias já registradas na história de Rolândia. Não vendi minha honra por cargos ou vantagens no Poder. Mesmo sendo vítima constante de ataques levianos e maldosos, jamais parti para violência! Neste sentido, registro minha solidariedade ao jornalista Rodrigo Stutz face a injusta agressão física recebida. Siga em frente meu amigo: Conhecemos seu caráter, sua índole e apoiamos seu trabalho!

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Mais Leis em vigor!

FAMÍLIA: Através de uma Lei de nossa iniciativa foi instituído no calendário oficial de Rolândia a Semana Municipal da Família. O espírito da Lei 2918/2002 é promover a compreensão mútua, o companheirismo, o diálogo e o fortalecimento dos vínculos familiares. Fato pacífico, a sociedade não é mais do que o desenvolvimento da família: Se o homem sai da família corrupto, corrupto estará para a sociedade (Henri Lacordaire).

ARBORIZAÇÃO: Outra importante Lei de nossa iniciativa dispõe sobre a Arborização do Sistema Viário Rural. O objetivo da Lei 2.914/2002 é promover a recuperação e a proteção das faixas de domínio das estradas rurais e vicinais de Rolândia por meio do plantio de espécies nativas, frutíferas e ornamentais. Belas estradas são um convite ao turismo!

ENVOLVIMENTO: Entretanto para a Lei se tornar realidade será necessário o esforço conjunto da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, EMATER, Sindicato Rural e dos Conselhos Municipais de Turismo e Meio Ambiente visando a conscientização dos proprietários rurais sobre a importância do programa e a necessidade de participação.

ESTRUTURA: Basta vontade política para aplicarmos esta Lei, pois Rolândia tem plenas condições estruturais para fornecer mudas e orientação técnica para os agricultores. Um programa-piloto poderia ser desenvolvido nos caminhos de São Rafael, tradicional roteiro turístico do Município estendendo-se, posteriormente, à todas as estradas rurais!           

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Sobre Turismo e Zoneamento...

Caminhos de São Rafael;

TURISMO: Rolândia é um dos Municípios com maior potencial turístico no Norte do Paraná. Nosso legado cultural é objeto de vários estudos, teses, filmes e romances. Temos uma diversidade arquitetônica, cênica e histórica invejável. Além da tradicional culinária alemã, agora o distrito de São Martinho é a capital paranaense dos embutidos!

DESENVOLVIMENTO:  Não obstante este incrível potencial turístico, há décadas Rolândia se consolidou como pólo agrícola, industrial, comercial e de serviços. Graças ao empreendedorismo de nossa gente, somos a vigésima segunda economia do Estado. Em minha opinião, agricultura,  indústria e turismo não podem ser atividades antagônicas!

ZONEAMENTO: Com efeito, é preciso harmonizar e ordenar as atividades econômicas dentro do Município. Isto é possível com a definição de um zoneamento ecológico-econômico que sacramentará glebas com vocação turística, agrícola e ecológica, tais como as bacias dos Ribeirões Ema-Jaú e Cafezal, rota do Café, Caminhos de São Rafael, etc... 

REALIDADE: A explosão urbana causou vários conflitos de vizinhança entre indústrias e residências em Rolândia. Atualmente (devido a uma Lei de nossa iniciativa) as áreas industriais devem ser separadas das residenciais por via perimetral de 32 metros de largura. Tais avenidas já são realidade nos Jardins dos Pioneiros, José Erdei e Cidade Nova!

terça-feira, 20 de agosto de 2013

12 anos do Código Ambiental!


TRABALHO: Há doze anos Rolândia conquistava seu Código Ambiental, uma Lei de nossa iniciativa como Vereador. Registre-se que o texto recebeu o apoio integral do COMDEMA, além de acatar diversas sugestões da Sociedade Civil formuladas nas Audiências Públicas que antecederam a aprovação unânime pelo Legislativo Municipal. 

AVANÇOS: Nosso Código Ambiental (Lei nº 2.855/2001) disciplinou diversas questões relacionadas a qualidade de vida de todos, dentre as quais: Saneamento, Poluição hídrica, atmosférica, sonora, conservação dos solos, da fauna e flora, competências e atribuições das autoridades locais, fiscalização e penalização de crimes ambientais, etc...

ESTRUTURA: Entretanto, grande parte dos dispositivos previstos em nosso Código não são cumpridos devido a falta de estrutura da Secretaria de Meio Ambiente. Após uma década de cobranças ainda não temos um único Fiscal Ambiental contratado. Uma vergonha para um Município com 57 mil habitantes e orçamento anual de R$ 130 milhões!

FUNDO: Outra reivindicação antiga prevista no Código Ambiental é a criação e dotação do Fundo Municipal de Meio Ambiente. Pela Lei, os recursos provenientes de ICMS Ecológico, multas ambientais, convênios e locações de áreas verdes devem ser aplicados pela Secretaria sob fiscalização do COMDEMA. Maior transparência, eficiência e participação comunitária na aplicação dos recursos públicos: Este é o espírito da Lei!  

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Rolândia precisa de mais uma Vara Cível!!!



O Tribunal de Justiça do Paraná autorizou a instalação de mais duas Varas Cíveis em Cambé e Arapongas. Novamente Rolândia foi esquecida! É preciso unir todas as nossas forças (Judiciário, Legislativo, Executivo, OAB, ACIR, Clubes de Serviços) e continuarmos reivindicando a tão sonhada e necessária Nova Vara Cível: Mãos à Obra, Rolândia!

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

MEC: Não à inclusão radical!

Mobilização em Defesa da Educação Especial em Rolândia!

DESUMANIDADE: A meta 4 do Plano Nacional de Educação do governo federal pode ser definida em uma palavra: Desumanidade! Entre as diretrizes autoritárias do PNE está a obrigatoriedade de toda criança especial ser inserida em escolas regulares. Será o fim das Apaes. O projeto deve ser votado pelo Senado Federal no próximo mês.
ESTRUTURA: Fato pacífico as escolas regulares não têm as mínimas condições (físicas e pedagógicas) para receber estas crianças. A grande preocupação é que o plano, ao invés de incluir, irá excluir as crianças especiais que não terão os meios necessários para acompanhar as demais. Já os adultos especiais ficarão completamente desassistidos!
PREOCUPAÇÃO: Se o famigerado plano do MEC for aprovado, as Escolas Especiais não terão direito à captação de recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação). Sem estes recursos as Apaes serão fechadas. Atualmente 41 mil alunos são atendidos no Paraná.
Leia mais em Apae Rolândia.

terça-feira, 30 de julho de 2013

Guido apela ao FMI...


APELO: O ministro da Fazenda, Guido Mantega, enviou correspondência à diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, pedindo alteração na metodologia de cálculo da dívida bruta brasileira. Pelos critérios oficiais do País, a dívida fechou 2012 em 58,7% do Produto Interno Bruto (PIB). Nas contas do organismo multilateral, chega a 68% do PIB. MAIOR DEVEDOR: De acordo com organismos internacionais, a dívida brasileira é a maior entre os Brics (bloco que, além do Brasil, reúne Rússia, Índia, China e África do Sul). A dívida bruta da Rússia é de 10,9% do PIB; a da China, de 22,8% do PIB; a da África do Sul, de 42,3% do PIB; e a da Índia, de 66,8% do PIB. IMUTÁVEL: "Mesmo se o FMI aceitar o pedido e mudar sua metodologia, haveria uma nova série para todos os países e a situação do Brasil, em relação aos outros continuaria a mesma", comentou o economista Felipe Salto, da consultoria Tendências. (Fonte: Gazeta do Povo)

sábado, 27 de julho de 2013

Dilma em queda!!!


QUEDA: A popularidade da presidente Dilma Rousseff (PT) caiu de 55% para 31% segundo a última pesquisa CNI/Ibope divulgada no dia 25. Segundo analistas a queda é um reflexo do aumento de preços (inflação) e das recentes manifestações por todo o País. 

AVALIAÇÃO: A queda de 24 pontos coincidiu com o aumento de quem considera o governo petista ruim/péssimo: 31%. Ao todo, 37% dos entrevistados consideram o governo da presidente regular. Os eleitores que não confiam na presidente somam 55%.

SERVIÇOS: Os protestos estavam certos: A saúde pública continua sendo o maior problema dos brasileiros: 71% dos entrevistados consideram o serviço ruim/péssimo. A segurança pública aparece em segundo com 40%, seguido pela educação, 37%.

COMENTÁRIO: A má avaliação do Governo deve se manter, vez que nada de concreto foi anunciado nestas áreas: Os Hospitais Filantrópicos (responsáveis por mais de 56% dos atendimentos no SUS) seguem à beira da falência; As verbas da educação (se tudo der certo com o pré-sal) talvez alcancem 7,43% do PIB em 2022; Toneladas de drogas e armas entram no país por nossas fronteiras desguarnecidas todos os dias: Triste realidade!

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Fatos e Notas


GASTOS: As despesas do governo Dilma aumentaram mais 6,6% no primeiro semestre. Os desembolsos já atingiram 1,01 trilhão de reais. É o que mostra levantamento da ONG Contas Abertas com base em dados do Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi). Alerta vermelho!

RESPONSABILIDADE: A evolução das despesas mostra que o governo federal está na contra-mão da responsabilidade fiscal, forçando o Banco Central a tomar medidas amargas no combate a inflação. É o setor produtivo (como sempre) quem está pagando a conta: Olha o "pibinho" por aí, gente!

INVESTIMENTOS: Em comparação com 2010, o ano do "pibão" de 7,5%, os investimentos do governo federal estão (em termos reais) 12,7% menores! "É um desempenho pífio", comentou o secretário-geral da ONG Contas Abertas, Gil Castello Branco. Alô, alô, "presidenta" é hora de acordar!

FRIO: Concordamos com Abraham Shapiro: Pura inconsequência este romantismo todo em relação à neve e ao frio! Somos um estado e um país que dependem em quase 100% da agricultura. Esta euforia se converterá, em breve, em indignação quando os preços reagirem... Misericórdia!

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Manchete do Povo: Dois anos!


Manchete do Povo está completando dois anos de existência e relevantes serviços prestados a comunidade Rolandense. Um Jornal independente e imparcial  imprescindível no cenário político, cultural e social de nossa cidade. Parabéns aos editores pela dedicação e seriedade, aos colaboradores pelo empenho e aos anunciantes por apoiarem este brilhante trabalho! Vida longa e sucesso ao Semanário mais querido dos Rolandenses! 

Riqueza, pobreza e coração!


RIQUEZA: É errôneo definir alguém como pobre ou rico, unicamente, pela via materialista. Certa vez um estudante indagou ao seu Mestre: Quem devemos considerar rico? O Sábio Ben Zomá respondeu: Aquele que se alegra com o que possui! (Pirkê Avot, 4:1).

POBREZA: A pobreza não é, apenas, um mero fenômeno material. É mais: É cultural, moral e espiritual. Combater a pobreza através de uma política focada no materialismo não resolverá o problema. Fato: É impossível vencer a doença atacando, apenas, os sintomas!

CORAÇÃO: Precisamos perceber que a satisfação não se encontra nos objetos. A alegria não reside no fato de mudar-se do campo para a cidade ou de uma casa para outra maior: É o que há em nossos corações que torna a vida um Éden ou um inferno! (fonte: Beit Chabad).

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Rápidas da semana...

Alexandre Tombini, Presidente do BCB.

RECLAMES: Na última pesquisa CNI-Ibope, como de costume, a área de saúde apareceu, junto com segurança, como a de pior avaliação: 66% dos entrevistados desaprovam os serviços. Esse resultado negativo tem se repetido e vale para os três níveis de governo já que todos têm alguma coisa a fazer nestes setores. 
                               
JUROS: Consenso entre os Economistas: O Banco Central continua sozinho no combate a inflação! Entretanto, os ajustes na taxa de juros não vêm sendo suficientes para conter o dragão inflacionário ressuscitado. Se o governo federal continuar gastando excessivamente os esforços do BC continuarão surtindo poucos efeitos.

PIBINHO: Segundo análise da Confederação Nacional da Indústria - CNI o país deve crescer apenas 2% em 2013. A CNI também alerta que é necessário uma redução significativa da expansão dos gastos públicos para evitar que todo o ônus do controle inflacionário (através da política monetária) recaia sobre o setor produtivo.

ROLÂNDIA: Face ao cenário político conturbado diversos assuntos importantes estão sendo pouco debatidos. Exemplo: Nos últimos meses nada foi divulgado sobre o andamento dos Projetos e Licenciamento Ambiental para a construção do novo Cemitério Jardim. O tempo urge e o caminho é longo. Acordem autoridades de Rolândia!