Google+ Followers

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Derrota da Sociedade Civil!

Crime Ambiental da administração afeta nascente do Ribeirão Cafezal. 
Desenvolvimento sem qualidade de vida é sinônimo de ignorância! Sem respeito à Lei e ao Meio Ambiente veremos o império do caos! Perdemos o status de cidade pacata, pacífica e acolhedora. Infelizmente, vivemos um processo de explosão urbana que avança sobre nascentes e mananciais de maneira cruel e implacável! Tal diretriz governamental equivocada resultará na favelização futura de Rolândia. A consequência será o agravamento de vários problemas sociais. Na última terça (24), em reunião do COMDEMA, a Sociedade Civil Organizada foi derrotada pelo rolo compressor da atual administração: Cerca de 800 pessoas serão assentadas no fundo do Jardim Itália; O Projeto não contempla Áreas Verdes, Praças e Canchas Esportivas para atender as necessidades básicas de uma população cada vez maior! A Lei do Sistema Viário e o Código Ambiental estão sendo ignorados; A Faixa de Preservação de nascentes foi reduzida de 70 para apenas 50 metros. Trata-se de um terreno acidentado, com níveis inferiores de salubridade e segurança; O loteamento também não observou  o percentual mínimo de Reserva Legal previsto em nosso Plano Diretor (Lei Complementar nº 15/2006, Art. 3º). A legitimidade da votação é duvidosa: A maioria dos votos contra à Lei foi de pessoas com cargos comissionados ou funções gratificadas na administração! Os votos a favor da Legalidade e Qualidade de Vida foram dos representantes de entidades da Sociedade Civil! Com efeito, urge renovar o COMDEMA - reduzindo o poder da administração e ampliando a participação da Comunidade - seguindo o exemplo de Londrina e Maringá!

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Manejo Ecológico do Bosque Roland!


O Bosque Johannes Schauff é o único fragmento de Floresta Nativa Pública existente na Cidade de Rolândia. Preservado desde 1932 pelo Pioneiro Manoel Martins Portelinha, o Bosque abriga vários exemplares de espécies nativas ameaçadas de extinção! Por sua própria natureza, trata-se de uma Área de Preservação Permanente, segundo o Plano Diretor: Lei Complementar 15/2006, Art. 7º, Parágrafo 3º: Todas as reservas florestais existentes na na zona urbana são consideradas, para efeitos desta Lei, como Áreas de Preservação Permanente.  Por sua vez, o Código Ambiental do Município, preceitua: Das Florestas e Espécies Vegetais Raros: Art. 26- As florestas e os espécimes vegetais raros, os de grande porte, existentes no território municipal, constituem bens de interesse público, e serão preservados, conforme o disposto nesta Lei (...); Art. 27- É assegurada a proteção às florestas, matas, bosques e demais formas de vegetação que, por sua localização, servirem a qualquer dos fins seguintes: (...) d) - Resguardar sítios que, por sua beleza, agrupamento, interação ou valor científico, mereçam ser conservados; e) - Asilar espécimes raros da fauna e da flora. Os trabalhos autorizados pelo COMDEMA no Bosque do Jd. Roland, compreendem: 1) Retirada de lixo e entulhos; 2) Erradicação de gramíneas invasoras (capim colonhão); 3) Remoção de árvores mortas (sob risco iminente de queda); 4) Limpeza das trilhas; 5) Substituição dos exemplares de jambolão por árvores nativas ornamentais; O Conselho deverá ser notificado pela Prefeitura para acompanhar a execução dos trabalhos; Agora é com a Administração! 

sexta-feira, 20 de abril de 2012

O Rei David e as Aranhas!


A presente transcrição (de uma antiga narrativa do Talmud) é livre e de memória: Certa vez, o jovem David indagou ao Eterno o motivo pelo qual as aranhas foram criadas. Ele as considerava perigosas. O Eterno, Bendito seja, respondeu: David, por acaso não sabes que não criei nada por acaso? O tempo passou e o Jovem David matou o gigante Golias! Eis que, enquanto David fugia dos soldados inimigos (em grande número) ele encontrou refúgio em uma caverna. Milagrosamente, as aranhas teceram várias teias na entrada da gruta. Quando os soldados inimigos chegaram e se depararam com as teias, julgaram impossível que o futuro Rei de Israel estivesse lá dentro! Então, quando os soldados foram embora, David agradeceu: Bendito sejas Tu, Eterno, nosso Deus, Rei do Universo que não criaste nada por acaso! 

quinta-feira, 19 de abril de 2012

Dormideira é morta no Jd. Roland!


Uma moradora do Jd. Roland matou um dócil réptil, conservou seu cadáver em álcool e o levou ao COMDEMA. No Conselho, bradou por uma intervenção radical no Bosque Johannes Schauff... A Cobra assassinada é conhecida como Dormideira, (Sibynomorphus mikanii). Trata-se de uma cobra extremamente inofensiva e calma, mesmo quando manipulada com as mãos! Sua dieta baseia-se em lesmas e caramujos. Lamentamos a perda de uma importante aliada no combate à infestação de Caramujos Africanos estes, sim, muito perigosos a saúde da Comunidade! Esperamos que tal moradora não reincida na prática de crimes ambientais!

Heróis no COMDEMA!

Viviane Costa - Jornal de Londrina.
Sem dúvida há homens de valor em nossa sociedade. Um deles é o Engenheiro Gilberto São João. Atual membro do COMDEMA - Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente de Rolândia - São João, como é conhecido, vêm desempenhando papel fundamental em defesa do Bosque Johannes Schauff  e das Áreas de Preservação de Fundos de Vale previstas em nosso Plano Diretor. Pela Coragem, Seriedade e Compromisso Público, também  parabenizamos  o Presidente, Antônio Carlos Mendonça e o Secretário, Engenheiro Audinil Maringonda Jr. Através deles, nossos agradecimentos a todos os Conselheiros que atuam em Defesa do Meio Ambiente sem visar interesses particulares, administrativos e financeiros

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Escalada da decadência!


A Lei vêm sendo violentada de várias maneiras ardilosas. Termos vagos são invocados para justificar interesses financeiros e eleitoreiros. "Políticos" preocupados em defender seus próprios interesses na administração (influência, cargos, funções gratificadas, etc) parecem ser maioria em Governos, Legislativos e Conselhos... Estes "políticos" são insensíveis à Ética, à Lei e a Técnica. A situação é agravada pela impunidade: veneno que corrói a sociedade. Certidões frias de impostos, gastos absurdos com publicidade, assessorias, consultorias, terceirizações, cargos comissionados: Tais "governantes" não respeitam à Lei e parecem não temer Ministério Público e Sociedade. Cidadãos de Bem são hostilizados, ridicularizados: Estão deixando a vida pública. Estaríamos no fim da linha? Certamente, não! É possível chegarmos ainda mais baixo na escalada da decadência! Basta o último de nós se render... 

sábado, 14 de abril de 2012

BASTA DE ILEGALIDADE!


A Administração Pública DEVE respeitar a LEI!

Os Tribunais advertem:
É PROIBIDO VENDER BENS DE USO COMUM DO POVO!

Divulgue esta VERDADE você também.
(Resposta à Secretária de Cultura de Rolândia, Maria Luiza Müller).

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Rolândia sem Defesa Civil!


Um sério rompimento da rede de abastecimento da SANEPAR causou danos irreparáveis a um imóvel de nossa família que sediava o Cartório de Registro Civil local. O sinistro ocorreu na Rua Estilac Leal esquina com Tiradentes, no Centro. Diante do risco iminente de desabamento, procuramos Corpo de Bombeiros e Prefeitura, solicitando apoio técnico para evacuar a importante documentação. Diante da total ausência de resposta e apoio dos Poderes Públicos, decidimos salvar os registros - por nossa própria conta e risco! É inadmissível que uma cidade do porte de Rolândia ainda não tenha estruturado sua Defesa Civil!  

terça-feira, 10 de abril de 2012

A Lei sob ameaça!


Toda administração têm suas prioridades. Hoje é a construção do novo Cemitério Jardim; Amanhã será a edificação de novas Escolas, Postos de Saúde e Creches... Se a cada nova necessidade, a administração optar por vender Bens de Uso Comum do Povo (Áreas Institucionais, Verdes e de Lazer), em médio prazo, não haverá mais áreas públicas para a implantação de novos equipamentos urbanos. Prejudicada será a qualidade de vida da Comunidade. Pacificamente, a experiência demonstra que Leis são sepultadas através da abertura de precedentes! Este é o caso de Rolândia. A proteção das áreas reservadas nos loteamentos para uso comum do povo é uma tradição no ordenamento jurídico pátrio. Outro não é o entendimento do Egrégio Tribunal de Justiça de São Paulo: "Destinada uma área para determinada finalidade, é proibido ao Município à alteração desta ainda que se revista dos mais altos propósitos”. Em síntese: Os Bens de Uso Comum do Povo são, por sua própria natureza, bens fora do comércio! Afirmar o contrário é afrontar nossa inteligência! Outro caso preocupante é o da Lei Complementar 58/2011 que estabelece a redução de Áreas de Preservação quando houver "interesse sócio-ambiental". Trata-se de um termo vago,  sujeito à varias interpretações. Se o objetivo do Legislador era salvaguardar o direito adquirido (caso de ocupações urbanas anteriores à 1996) melhor redação seria: "Em caso de ocupações urbanas comprovadamente anteriores ao Plano Diretor, o limite da área de preservação poderá ser inferior ao estabelecido em Lei, mediante Parecer Favorável dos Conselhos do Plano Diretor e do Meio Ambiente. Se tal redação não for reformulada, com a participação dos respectivos Conselhos, o citado dispositivo poderá ser invocado por qualquer cidadão, sem nenhum limite temporal ou geográfico: Seria o fim do Plano Diretor! 

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Genocídio no Sudão!

O ditador  islâmico al-Bashir;
O Jornal da Comunidade Católica de Rolândia (Farol, Ano 17, Edição nº 184) não silenciou diante da violência e do extremismo! Um corajoso artigo assinado por Reinaldo Azevedo denunciou o genocídio de quase meio milhão de Cristãos pelo regime islâmico do ditador al-Bashir, no Sudão. Por qual motivo a imprensa e a esquerda anti-Israel não escreve uma linha sequer sobre esta barbárie?  Estariam de acordo? Eis a questão!!!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Sobre pessoas violentas...


A violência é uma antiga tragédia humana. Os Sábios do Talmud comparam pessoas violentas aos peixes. Um cão não come outro cão, nem uma raposa a outra. Um peixe, contudo, engole outro. E, tragicamente, leciona Bunim (Ética do Sinai, p. 134) "um ser humano é capaz de engolir a outro. Pior ainda, porque um peixe só engole outro menor do que ele, enquanto um homem de caráter vil não se detém diante de outro igual ou melhor que ele". Os violentos não respeitam o patrimônio, o trabalho e a vida alheia: Uma simples leitura do noticiário policial deixa qualquer um desiludido. Não faz muito tempo, o Partido Operário Nacional Socialista dos Trabalhadores massacrou seis milhões de Judeus de forma diabólica. Atualmente, o ditador islâmico al-Bashir comanda um genocídio que já exterminou meio milhão de Cristãos no Sudão. Quão dolorosamente corroboram as suspeitas dos Sábios Hebreus: A civilização só existe a flor da pele! Os avanços tecnológicos e os modos corteses são mera cobertura superficial que encobrem a besta selvagem que está de tocaia por debaixo. Fato: Um homem que fecha seus olhos aos 10 mandamentos é pior que uma fera selvagem! É capaz de qualquer coisa e não se arrepende por seus crimes! Os Sábios nos exortam a não depositar toda nossa confiança nos poderes terrenos. A corrupção e a impunidade parecem não ter fim! Somente o temor à Deus é capaz de impor e manter a moralidade do ser humano! 

quarta-feira, 4 de abril de 2012

Meu trabalho no Panoramio!

Pico Agudo por Paulo Farina.
Sem visão artística não há fotografia! Contudo, há raras ocasiões em que também somos agraciados com cenário e fatores climáticos perfeitos. Este foi o caso da imagem acima. Um mágico alvorecer no Pico Agudo - o Templo do Montanhismo Norte Paranaense! Neste local realizei as melhores composições fotográficas de minha breve existência. Não foi mero acaso a Menção Honrosa recebida em Concurso do Panoramio, o maior e mais acessado portal de fotografia do Mundo! Dificilmente repetirei este feito...