Google+ Followers

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Educação e Democracia!

O Mestre Pontes de Miranda;
Muito se tem discutido sobre a importância da mulher, do índio, dos deficientes, dos jovens (etc) na Política. Estamos de acordo: Uma Democracia autêntica pressupõe ampla representatividade e respeito às minorias! Contudo, neste quesito, é importante frisarmos que honestidade, coragem e competência não se mede pelo sexo, raça, religião ou idade... Afirmar o contrário seria simplificar o debate, envenenando as bases de nossa Democracia. 

O notável Mestre Pontes de Miranda, em sua Obra Democracia, Liberdade, Igualdade, p. 192 assevera que toda organização política tira sua estabilidade do sistema jurídico que a suporta, de certos compromissos morais e de convicções de ordem religiosa. Quaisquer desses processos de adaptação social é mais estável que a Política. Eis uma verdade atemporal!

É evidente, portanto, que o processo de deterioração dos princípios éticos, morais e religiosos que, infelizmente, notamos em alguns setores da sociedade, colabora para a ampliação do caos sócio-político. A maioria parece conivente com a corrupção. Nossa Sociedade está, portanto, enferma. Neste cenário é urgente investirmos em Educação Pública de qualidade!

Novamente recorremos ao maior Jurista da História do Brasil, Pontes de Miranda: Se queremos ver com olhos objetivos - o ideal da Democracia é, certamente, a escolha dos mais competentes, dos melhores, devido à necessidade da divisão do trabalho e, pois, da especialização, ainda em sociedade ideal em que todos fossem igualmente cultos e dotados de qualidades de direção. (...) Nem todas as democracias são iguais. Democracia não é roupa que se ordene sob medida, ou se adquira feita para se vestirem os países. 

Com efeito, o aprimoramento de nossas Instituições acompanha a evolução Material, Ética, Moral, Cultural e Educacional de nossa Sociedade. Entretanto o Estado continua priorizando o progresso econômico. Devemos ter em mente que tal ciclo não será eterno. Urge, portanto, darmos o passo mais importante e duradouro: O salto Educacional! Nas palavras do Mestre, ciência é conhecimento; técnica é método; Política é ação: O Brasil tem pressa!  

Nenhum comentário:

Postar um comentário