Google+ Followers

sábado, 7 de janeiro de 2012

Floresça Israel!


Não há por que esconder:
Amo o Eterno dos Exércitos,
sua Torá e seus Sábios Profetas!
Por milênios - povo perseguido,
jamais, porém, derrotado;
Floresce Israel: Farol da Humanidade!
Teus caluniadores serão desmascarados -
e suas falsificações reveladas;
Levanta Israel: Nação Eterna!
Durante a diáspora - terra desértica,
hoje oásis verdejante
- de flores e liberdade -
em meio ao fundamentalismo!
Novamente seus inimigos vociferam:
palavras venenosas, inveja e ódio...
Mais sábio seria se imitassem teu exemplo -
e fizessem o deserto florescer!
- não à rosa atômica -
Sim à Vida e à Diversidade!

(Rolândia, 7 de Janeiro de 2012)

4 comentários:

  1. Grande Tio, fico muito honrado com seus comentários!

    Muito Obrigado! Shalom uvrachot!

    ResponderExcluir
  2. ... e é isto o que o mundo realmente afirma: que o povo judeu não é uma nação, é uma espécie de unidade, que Israel não é um país, não é como o resto dos países, é como uma espécie de formulação, é uma espécie de criatura estranha..
    Devemos explicar porque eles assim o pensam?
    Sim, eles pensam corretamente porque até que levemos a cabo o nosso destino, até que nos unamos de acordo com a lei da Arvut, onde já há alguns milhares de anos atrás aceitamos esta condição de nos tornarmos uma Nação, diz-se assim: ou tomam sobre vocês mesmos a lei da responsabilidade mútua e se tornam uma Nação ou este será o vosso local de enterro, um dos dois.

    ResponderExcluir