Google+ Followers

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Duas notas sobre o anti-Sionismo...

Parlamentares do PT, PCdoB, PSOL em campanha contra Israel.
Nenhuma novidade: É um fato histórico que tanto o nacional, quanto o internacional socialismo sempre foram anti-semitas e, agora, diante da reprovabilidade geral do termo, se tonaram anti-sionistas. A finada União Soviética financiou, armou e apoiou (durante décadas) os países árabes em suas tentativas frustradas de 'lançar os Judeus ao mar'. Atualmente, dos países árabes, apenas Egito e Jordânia mantém relações diplomáticas e fronteiras abertas com Israel. Das nações sul-americanas, Cuba, Nicarágua, Bolívia, Chile e Venezuela (mais à esquerda) romperam relações diplomáticas com o Estado Hebreu. 

Fato histórico: Inegavelmente, os atentados e agressões contra Israel tiveram muitas roupagens ao longo da História: Nos tempos antigos, Israel foi escravo no Egito e cativo na Babilônia. Na idade média, foi queimado por sua Religião... Durante o nacional socialismo foi escravizado e exaurido por constituir uma "raça" e no stalinismo por ser um Povo... Atualmente é combatido por ter a ousadia de construir (em meio ao império do totalitarismo e fundamentalismo) um Estado Democrático Avançado, onde imperam as Liberdades Individuais, Religiosas, Políticas e Econômicas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário