Google+ Followers

quarta-feira, 7 de março de 2012

Incompreensão ou insensibilidade ?

corvux
Não obstante o intenso progresso tecnológico, sociedade e governos não se tornaram muito mais sábios ao longo dos últimos dois mil anos. Infelizmente, Rolândia também está inserida neste contexto. Uma simples leitura das mídias governamentais revela um cenário desanimador. Um esboço de palavras incoerentes do tipo "a natureza existe é para isso mesmo: recuperar-se das intempéries" e outras bobagens que me recuso a transcrever, revelam o grau de enfermidade teórica que assolam alguns dirigentes e seus arautos remunerados. Será que falta-lhes capacidade ou sensibilidade para compreender as sábias palavras de Chuang Tsé e Kapleau: "Deixe que tudo ocorra como deve naturalmente ocorrer, de tal forma que sua natureza seja satisfeita. Se nos refrearmos de agir em oposição à Natureza - ou como afirma Needham, de ir contra a semente das coisas - entramos em harmonia com o Tao e, dessa forma, nossas ações serão bem sucedidas. Este é o significado das palavras aparentemente tão enigmáticas de Lao Tsé: "Através da não ação, tudo pode ser feito". Eis uma breve síntese do que advogamos em Triste sina de Animais e Plantas!

2 comentários:

  1. "a natureza existe é para isso mesmo: recuperar-se das intempéries" É brincadeira ou ele acredita nisso mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro amigo Stutz, das duas uma: Trata-se de ignorância (incompreensão) ou insensibilidade... Fato: Somente alguém muito bem remunerado pelos Cofres Públicos para escrever um besteirol como este... Agradeço a visita e os pertinentes comentários! Fraterno Abraço!

      Excluir