Google+ Followers

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Revolução Russa em breves linhas...


Cem anos do golpe socialista: Nada há para comemorar. Apenas lições para aprender. Em nome de uma utopia, tudo é permitido? Totalitarismo, gulags, expurgos, holodomor? Recordemos as milhões de almas ceifadas! As vidas estraçalhadas! As famílias destruídas! Os sonhos arruinados! Os órfãos e as viúvas! Os testemunhos inquietantes de Soljenítsin, Kudenra e Kertész...

Cem anos de totalitarismo socialista: Venezuela, 2017. Stálin vive. Atual, real e brutal. Fome, hiperinflação, expurgos, prisões, ditadura! Brasil, agora: Em nome da velha utopia, tudo foi permitido? Corrupção, dívida pública, promiscuidade, criminalidade? Destruição da cultura, da moral e das famílias?

 A velha mentira sob nova roupagem! Ideologia de gênero, multiculturalismo, feminismo, apologia ao crime, às drogas, à promiscuidade e a sexualização infantil: Eis a pós-revolução gestada pela Escola de Frankfurt! O politicamente correto é o novo totalitarismo. O grande irmão pauta a mídia e a cultura: 1984 é a síntese do "admirável" mundo novo. Já é hora: Basta à revolução!

Nenhum comentário:

Postar um comentário