Google+ Followers

terça-feira, 19 de abril de 2016

Deus abençoe o Brasil!


Domingo começamos a escrever um novo capítulo de nossa história. Foram 367 votos favoráveis ao impeachment, cujo rito foi definido pelo Supremo Tribunal Federal. O processo respeitou todas as regras e princípios norteadores do Estado de Direito e garantiu a Dilma o contraditório e a ampla defesa.

A era petista não deixará saudades. Foram 13 anos de escândalos, corrupção e incompetência. A dívida pública atingiu incríveis R$ 2,8 trilhões de reais (uma das mais altas do Planeta); A inflação saiu de controle; São mais de dez milhões de desempregados; A carga tributária está insuportável; Vivemos a pior recessão da história e a saúde, segurança e educação estão em frangalhos...

Eles dizem que foram eleitos pelo Povo. Eleitos como? Nas confiáveis urnas eletrônicas, com apuração secreta em Brasília? Vendendo um país de ilusão onde haveria leite e mel de graça em uma campanha abastecida com dinheiro roubado? Pois é: Eles não possuem legitimidade alguma para governar! Não é a toa que roubaram e destruíram ardilosamente o futuro da Nação!  

Os 513 Deputados foram eleitos pelo Povo: Os da esquerda, os da direita, os Cristãos e os ateus. Percebi muitos “intelectuais” desmerecendo os Deputados que mencionaram Deus, a Família e Eleitores em seus votos. Que seletividade é essa? Quer dizer que um Deputado Cristão não pode fazer referências a Jesus, mas um socialista pode louvar Marx quando, onde e como quiser? 

Falando em Deputados, a bancada do Paraná se portou muito bem no último Domingo. Até o João Arruda votou a favor do impeachment! Agora vamos focar no Senado. Por fim, uma palavra sobre Michel Temer: Estudei Direito Constitucional pelas suas obras. É um grande Jurista e um hábil Político. Sem dúvida, Temer conseguirá formar uma ampla maioria para enfrentar o grande desafio que será iniciar a reconstrução da Nação! Deus abençoe o Brasil!

Nenhum comentário:

Postar um comentário