Google+ Followers

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Sobre sensibilidade e Justiça!


Sempre que alguém acusa uma pessoa de ser "insensível" é porque essa pessoa é Justa. Quer dizer que ela não tem emoções imotivadas e não concede a um indivíduo um sentimento que ele não merece. É porque "sentir" é ir contra a razão, contra os valores morais, contra a realidade. (Ayn Rand, A Revolta de Atlas, Volume III, p. 204)

Um comentário: